PARCERIA

logo-principal-300x62.png
  • Facebook

© 2019 NEPSAR

SOBRE O NEPSAR

O NEPSAR é uma empresa privada ligada a formação de profissionais a nível de formação livre e pós-graduação (Lato-Sensu) em sociopsicodrama, ou seja, nos métodos do psicodrama e sociodrama, psicoterapia e terapia individual e em grupo, para as áreas psicoterápicas e da saúde.

 Já o para os profissionais das áreas socio educacional, cultural e comunitárias encontram os métodos do sociodrama, role-playing, entre outros métodos que venham a favorecer a espontaneidade e criatividade nos relacionamentos interpessoais.

Foi organizado em 2006, após a X Semana de Formação Profissional da FEASA, com o interesse dos participantes deste grupo de profissionais atuantes nas áreas psicoterápica e socio educacional, pelos métodos do psicodrama e sociodrama. 

Nestes anos formaram três (3) turma na especialização livre em psicodrama de 2006 a 2012, e duas turma que formou na Carreira de Titulação da Febrap nível II e III.

 

Em 2010 atendendo à um convite da equipe de nutrição da Universidade Municipal de São Caetano do Sul, do qual em reunião a o aceite para compor as equipes das áreas de saúde para atuar em um projeto interdisciplinar nas clínicas de nutrição, fisioterapia, educação física, enfermagem e farmácia, em que se firmou uma negociação educacional da parceria educacional entre NEPSAR e pós-graduação da USCS. A formanção da turma de 2012 à 2015 na Pós-Graduação (Lato-Sensu) em Sociopsicodrama, no que encerra a parceria educacional em final de 2015.

Em 2014 com o convite para integrar a equipe de professores na Pós-Graduação (Lato-Sensu) em Arteterapia na FAINC, e por ter finalizado o acordo educacional com a USCS, firma em  2015 o acordo educacional para a pós-graduação(lato-sensu) em sociopsicodrama com a FAINC, do qual se formou mais um grupo de pós-graduação, de 2016 a 2018. 

E hoje, 2019 o NEPSAR, continua com a parceira educacional com a UNIFATEA, que pertence ao mesmo grupo institucional de ensino da FAINC.

Assim o NEPSAR, continua a formar seus grupos de psicodramatista nos focos psicoterápico e socio educacional, primando pela qualidade na metodologia sociopsicodramatica com a excelência dos métodos e técnicas sociopsicodramatica, com o aprofundamento teórico na sociometria, sociodinâmica e sociatria que compõem a Teoria Socionomica de JL Moreno, com as contribuições teóricas dos psicodramatistas contemporâneos.

Mantem parceria para estágios da prática supervisionada com entidades públicas, privadas e religiosas, para desenvolver projetos sociais, para atender a população e para o desenvolvimento da prática supervisionada. Assim como, sociopsicodrama em espaços abertos nas campanhas que seguem os calendários do SUS, nos quais os participantes têm a oportunidade de promover a conscientização da importância a saúde mental e preventiva.

As atividades cientificas e culturais, são para divulgar os trabalhos dos profissionais em formação no foco psicoterapêutico e no foco socio educacional, organizacional, e na área da saúde.  

Madalena Cabral Rehder

Licenciatura e Formação em Psicologia pela Universidade de Santo Amaro (11/08/80). Especialista em Psicodrama pela Associação Brasileira de Psicodrama e Sociodrama (84). Professora Didata Supervisora pela ABPS e Federação Brasileira de Psicodrama, Febrap em (88). Presidente e Coordenadora de Ensino da Associação Brasileira de Psicodrama. (1990 a 1999) Diretora de Ensino e Ciência na Diretoria Executiva da Federação Brasileira de Psicodrama - Febrap. (2000/02). Participações em comissão de Congressos a nível nacional e internacional desde 1987. Em 2006 organiza o Núcleo de Estudo e Pesquisa em Sociopsicodrama no ABC e região, e desde então a dedicação maior é ao ensino e a pesquisa do sociopsicodrama teórico e prático nos postulados Socionômico de JL Moreno e nos teóricos contemporâneos, em processo individual e em pequenos e grandes grupos. Renovando o papel de professora a todo momento no elo entre o sociopsicodrama, as correlações JL Moreno e com os teóricos contemporâneos, para realizar as pontes socio históricas entre a arte de comunicar e integrar o processo de aprendizagem nas áreas interdisciplinar. No papel executivo de presidente e gestora da pós-graduação que somou-se as experiencias de coordenadora, diretora dos cargos na ABPS e Febrap, para ampliar o tempo todo nas trocas com colegas nos Fórum Gestor da FEBRAP, e nos grupos das redes sociais. Acrescenta ainda os projetos de atendimentos às instituições de saúde pública e privada em atendimento psicoterápico a nível individual, em grupo e nas assessorias educacionais com famílias, educadores, cuidadores da saúde ao idoso e, em condições especiais. Sem esquecer da área de promoção a saúde em espaços públicos e privados.

Formação Acadêmica e Experiência Profissional

2017

Direção do Sociodrama Integrativo da História do Psicodrama do Mundo para o Brasil e deste para o Mundo, na 6ª Conferência Internacional de Psicodrama em Camboriú -SC, Brasil

Apresentação do Sociopsicodrama: a arte em comunicar-se nas relações interpessoais e grupais. 17º Congresso IBEROAMERICANO. Lisboa Portugal

 

Participação em Comissão de Organização em Congressos Brasileiros de Psicodrama e Internacional de Psicodrama e Psicoterapia de Grupo

2016 - Presente

Presidenta Coordenadora do Núcleo de Estudo e Pesquisa emSociopsicodrama do ABC e Região

2014

Professora na pós em Arteterapia na FAINC, e aula de Teoria do Desenvolvimento com atos sociodramáticos na área de fisioterapia na Universidade Metodista, prof.ª Convidada

2013 - Presente

Gestora da Pós-Graduação (Lato-Sensu) em Sociopsicodrama no ABC e Região em parceria Educacional com Universidade da Região ABC

2012 - Presente

Psicóloga supervisora, na clínica de Repouso Sol da Manhã.

2012

Professora na pós em Arteterapia na FAINC, e aula de Teoria do Desenvolvimento com atos sociodramáticos na área de fisioterapia na Universidade Metodista, prof.ª Convidada

2000 - 2002

Diretora de Ensino e Ciência na Febrap – Federação Brasileira de Psicodrama

1999 - 2000

Coordenadora da Comissão Cientifica do XII Congresso Brasileiro de Psicodrama, Águas de São Pedro, 1998  

 

Presidente da ABPS

1989 - Presente

Participação em Comissão de Organização em Congressos Brasileiros e Internacional de Psicodrama e Psicoterapia de Grupo

1988 - 1998

Cargo em diretoria executiva na Associação Brasileira de Psicodrama e Sociodrama - ABPS

1988

Professora Didata Supervisora pela ABPS e Federação Brasileira de Psicodrama, Febrap.

1984

Especialista em Psicodrama - Associação Brasileira de Psicodrama e Sociodrama

1980

Licenciatura e Formação em Psicologia - Universidade de Santo Amaro

2010 - 2012

Prof.ª no curso de Cuidadores na parceria Sociedade Espanhola/USCS

BASE DE ESTUDO

Madalena Rehder e Jonathan Moreno (filho de Jacob Levi Moreno)

2018

Moreno (1889 – 1974), médico, que embasou seus estudos e pesquisa na sociologia, filosofia e na dramaturgia. Romeno naturalizado norte americano, de família judia de origem ibérica, viveu boa parte de sua vida em Viena (Áustria), onde construiu sua formação pessoal e profissional.

Sua vastíssima  cultura, suas ideias sociológicas, filosóficas e religiosas, sua paixão pelo teatro, bem como sua inclinação para a pesquisa e investigação sobre as interrelações humanas, contribuíram para o desenvolvimento da sistematização do trabalho que ficou conhecido como a “Teoria Socionomica”,  que tem o seu tripé na “sociometria, que é o “estudo da estrutura psicológica real da sociedade humana” é a “sociologia do povo, pelo povo e para o povo.” A sociodinâmica, que é “a ciência da estrutura dos grupos sociais, isolados ou unidos” e a sociatria, “que é a sociometria aplicada, nas psicoterapias de grupo, no psicodrama e no sociodrama, que é a ciência do tratamento dos sistemas sociais.” Em que assim JL Moreno, define:  Ambos estão na categoria de método de ação profundas, que se subdividem em:

“Psicodrama, que trata das relações interpessoais e ideologias privadas” e “Sociodrama, que tratam das relações intergrupo e das ideologias coletivas”. E finalmente para melhor compreensão devemos desmembrá-la os termos ‘sócio’ – do latim ‘socius’, companheiro – e ‘nomia’ – do grego ‘nomus’, lei, regulamento -, concluindo portanto que o termo se refere a leis do desenvolvimento das atrações dos indivíduos e dos membros dos grupos em que estão contidas todos os estudos das interrelações humanas e aos problemas sociais, em que se localizam os conceitos da espontaneidade e a criatividade, os métodos e as técnicas, que promovem, o diagnósticos e prognósticos nas leituras socioeducativa e preventiva na promoção da saúde mental dos indivíduos, dos grupo e/ou da sociedade, com humor para revitalizar a espontaneidade que levará a transformações da aprendizagem para lidar com relações interpessoais, chegando assim a missão do psicodrama. . 

 

Missões do psicodrama: 

“O procedimento da terapia transcende a palavra, dirigindo-se ao ato, transcende a análise, dirigindo-se ao ser, à existência e ao encontro, transcende o diálogo, dirigindo-se ao exercício, ao jogo de papéis e ao psicodrama. O psicodrama se transforma no ponto alto de uma psicoterapia que reúna métodos individuais, grupais e de ação”. 

Moreno, PGP: prefácio à edição Alemã)